Analytics:

segunda-feira, julho 02, 2007

Celebration!




# A turma que não gosta e/ou não entende é monstruosamente enorme, mas eu ainda gosto bastante de algumas coisas de rock progressivo, principalmente das velharias nacionais. Acho o Tudo Foi Feito Pelo Sol um dos melhores discos dos Mutantes (melhor, inclusive, que O A e o Z), e amo o último disco da Barca do Sol, intitulado singelamente de Pirata.


# # Do progressivo europeu, mais precisamente da Itália setentista, ressurgiu nos meus players o grandioso e psicodélico Premiata Forneria Marconi, que tanto honra o rock romano. Passei o final de semana debruçado sobre as tramas instrumentais intrincadas, arranjos vocais solenes e atmosferas lisérgicas e do The World Became The World. Até forcei uma barra e vi umas semelhanças distantes com o indie-prog novato do The Decemberists, mas isso é papo pra depois.

# # # Apertando o play aí embaixo, dá pra assitir a um trecho de uma apresentação do Premiata em 74. O nome da sonata é Celebration. Divirta-se (se puder):





*Logo mais eu volto e boto aqui na tela um aperitivo da entrevista que fiz com o Diego Moraes, e que sai na íntegra na próxima edição da revista Decibélica. Combinado?

2 comentários:

Thiane disse...

Oi, legal esse blog. De vez em quando eu também falo de música. Depois passa lá no meu blog e dá uma olhada na minha lista de covers e versões. Abs

Fernando Antunes disse...

Cara, eu queria saber o que rola na cena alternativa/indie de Goiânia. Tô passando uns dias aqui e queria saber se tem alguma casa de show ou boite legal que rola esse tipo de som.