Analytics:

segunda-feira, outubro 31, 2011

domingo, outubro 30, 2011

O Livro Pela Capa

.
.




Impressionante.






















O Bicho Tá Pegando (II)

.
.
Você, que dá pelo menos um passeio diário pela internet, provavelmente sabe que o bicho tá pegando nos EUA.



O movimento popular, resumido pelos slogans We Are The 99 Percent e Occupy Wall Street, aparentemente reúne parte da enorme e estrangulada classe média do País contra o establishment político-econômico que, crise após crise, limitou seus american dreams a um nível inaceitável. O vídeo aqui em cima é a versão legendada para o português de um registro da violenta reação da polícia novaiorquina durante a ocupação de Wall Street - divulgado há algumas semanas, contraposta aos discursos pró-liberdade de expressão de Obama e Hilary Clinton quando tratavam da violenta repressão que Kadhafi, Mubarak e Assad lideravam contra os protestos populares na Líbia, Egito e Síria, respectivamente.




Já esse outro, de pouco mais de um minuto e feito na semana passada, é sobre um policial que, durante uma manifestação na Califórnia, resolve lançar uma granada no meio de uma operação de salvamento.




















quinta-feira, outubro 27, 2011

JBS

.
.
Foto por Lydia Himmen



Everybody's gotta have Flesh
You got me all soaking wet
Flesh - the only thing that's worth the sweat
From the day that Eve did Adam
Down to Romeo and Juliet

goyania - Doc em Construção

.
.
O documentário que registra a memória em movimento de Goiânia, segundo o ponto de vista da diretora Uliana Duarte, entrou em fase de finalização e deve conhecer a luz do dia nos primeiros meses de 2012.




Alternando imagens de arquivo (de desde quando a cidade ainda era só um projeto) e cenas atuais captadas em super 8 pela cinegrafista novaiorquina Sarah Reynolds, o média-metragem conta com a montagem de Érico Rassi, diretor de alguns dos melhores filmes de ficção já realizados em solo goiano.
























terça-feira, outubro 25, 2011

Pinta Lá

.
.























Guia Prático

.
.
Passeando por aí descobri no Urbe um tutorial que dá o serviço completo, passo a passo, de como divulgar sua banda com dignidade (e respeito) pela internet, principalmente em redes sociais.



O Bruno Natal, editor do Urbe, surrupiou o manual do Everett True (pseudônimo do jornalista britânico Jerry Thackray) e escalou o @EduAzedo para traduzir as valiosas dicas de etiqueta digital. Mas, pra publicar o guia aqui no grnews, tomei a liberdade de adaptar o texto conforme a realidade local do blog. Siga a letra:


1. Eu não pedi para você me enviar um mail ou ser meu amigo no Facebook.

Nem a maioria das outras pessoas, eu suspeito. Então me trate com o devido respeito. Você está aqui porque pediu: muito provavelmente porque viu meu nome relacionado com alguma (ou algumas) banda que você gosta, ou que eu escrevo sobre música. Então não venha de cara me criticar por coisas que eu faça ou tenha deixado de fazer (muito provavelmente ignorado algum link idiota para material da sua banda). Você está aqui porque escolheu.



2. Meu mural é meu.

Se você quer me passar um link para a música da sua banda, faça isso. É bom. Confesso que cerca de 50 por cento das músicas novas que eu ouço, comento e/ou publico aqui no grnews vem diretamente de recomendações não solicitadas (frequentemente de pessoas que eu não conheço). Mas me mande o link numa mensagem, não ponha o link direto no meu mural. Eu não posto links do grnews no seu mural. Sabe por quê? É rude pra caralho! Além de não me perguntar se eu quero escutar sua música, é também um spam pra TODOS os meus seguidores e amigos. Rude e de uma arrogância imperdoável. Você que posta um link ou comentário ou o que seja no meu mural sem me pedir, espere que isso seja removido sumariamente – e você provavelmente vai se ver excluído dos meus amigos se eu não te conhecer de fato ou não tiver feito nenhum contato humano antes. É a porra do meu mural. É uma escolha só minha compartilhar ou não sua música no meu mural.



3. Não espere que eu responda.

Me parece óbvio, não é? Mas você vai ficar impressionado com a quantidade de gente sem noção que tenta me condenar por isso. Se eu gostar, eu respondo. Se não gostar, não respondo. Simples assim. Você não está me pagando, você nem me conhece. Você não tem direito algum sobre o meu tempo. Se isso lhe incomoda, não entre em contato comigo.



4. Se entrou em contato comigo, faça um esforço.

E isso não significa escrever um e-mail preliminar dizendo “Gostaria de ouvir minha música?” Não. Por que, diabos, eu deveria? Mande o link de cara, mas explique por que isto deve me interessar. Eu ouço cerca de 60% dos links que me mandam e os 40% descartados de cara são, geralmente, de contatos sem nenhuma preocupação em se apresentar com clareza. Se eles não se preocupam, eu também não.



5. Pesquise.

Se você não lê o goiânia rock news, qual o motivo de me mandar uma música para ser incluída no... goiânia rock news. É insultante, estúpido e uma grande perda de tempo para todas as partes envolvidas. Agora, se você lê o grnews, então tem uma idéia razoável do tipo de música que aparece por aqui. Em outras palavras, por favor não perca seu tempo se suas bandas favoritas são Black Drawing Chalks e Arctic Monkeys, ou se você pensa que o Vaselines foi terrivelmente subestimado.






















domingo, outubro 23, 2011

sexta-feira, outubro 21, 2011

the number of the beats 2011/16

.
.
"Pure Gold" é o nome do disco de estreia do curitibano Boss In Drama, mas também batiza o primeiro single do álbum.



Concentrando seu esforço criativo na disco music, em "Pure Gold" Boss se distancia da eletrônica aberta (como, por exemplo, da ótima "All the Love"), mergulha em referências clássicas como Jacksons 5, Prince e Earth Wind & Fire e, assim, eleva a faixa à lista das melhores músicas do ano.





















quarta-feira, outubro 19, 2011

Karol Conká

.
.


De pele marrom mandando um som / De cabelo black usando batom/ Tô de moletom quebrando no flow / Subindo a ladeira curtindo o que é bom.



Conká é classe.
























Esqueça o Filtro Solar

.
.


E acredite na ciência.





















segunda-feira, outubro 17, 2011

Dear Science

.
.


Impressionante!















the number of the beats 2011/15

.
.
Como comentei aqui, Longe de Onde é o nome do disco novo da Karina Buhr, já compartilhado livremente pela web (incluso o link oficial).



Na primeira metade do pacote Karina vai do rock de guitarras ao experimentalismo que-mais-chateia-do-que-surpreende, mas a partir de "Cadáver" a coisa melhora e no número 8 da lista de 11 músicas está escondida a pérola do álbum.


"The War's Dancing Floor"


Única cantada em inglês, com uma letra que oscila entre o surrealismo e a paranóia, "The War's Dancing Floor" se mantém num groove simples, seguido por melodias noturnas e detalhes afrobeat.










Karina Buhr - Eu Menti Pra Você



















domingo, outubro 16, 2011

O Bicho Tá Pegando

.
.
.








E tá pegando de verdade. Só na noite passada 175 foram pra cadeia, nos protestos.


























quinta-feira, outubro 06, 2011

terça-feira, outubro 04, 2011

Macaco Bong X System of a Down

.
.
Clipão do show do Macaco Bong sábado passado, abrindo para o System of a Down.



Classe.




















Faz Sentido

.
.





















Safras Colhidas do Nada

.
.
Bruno Abdala é editor do Tapetes Sírios e produtor do Clube Recreativo do Escambo. Além disso é dj, grande chapa (e colaborador eventual) aqui do grnews e, agora, é também um poeta publicado.




Amanhã, lá no deck parking 1- Sul do shopping Flamboyant, ele (e toda a turma contemplada pelo projeto Goiânia em Prosa e Verso) vai receber os amigos para celebrar o lançamento oficial de Safras Colhidas do Nada, seu debut literário.


Colá lá.





















segunda-feira, outubro 03, 2011

Cerveja Duff - Pré-Venda

.
.



E parece que não é brincadeira.













Joe Lally Trio, Sexta Passada

.
.
No último dia 30 o ex-Fugazi Joe Lally abriu sua turnê brasileira em São Paulo, no palco do CCSP.



Depois desse show o baixista seguiu para Recife, passou por Porto Alegre, toca hoje no Rio de Janeiro, depois volta para São Paulo (com datas também no interior), e na sexta feira desembarca em Goiânia para fechar sua brazilian tour no palco do Metropolis, antes de seguir para a Argentina, EUA e Canadá.
























Rock ao Vivo vs. Rock no Estudio

.
.
.



E isso sem contar o White Stripes...