Analytics:

terça-feira, novembro 13, 2007

"E vou com ou sem você..."

Da série: filipetas clássicas do rock goiano


Mil novecentos e noventa e oito foi o ano da quarta edição do Goiânia Noise Festival, que ficou celebrizada pelo inusitado de ter sido realizada nas instalações do tradicional cine Santa Maria, ali na rua vinte e quatro, quase em frente ao também tradicional Old Studio, no centrão da cidade.

A sala de cinema era/é um clássico templo do sexo explícito, tanto ao vivo quanto em tela grande, mas por três dias (vinte, vinte e um, e vinte e dois de novembro) abrigou a fauna underground daquela Goiânia do fim dos anos noventa. Foi lá que, como já disse antes em algum lugar, vi o MagüeRbes pela primeira vez em cima de um palco, inspirando tanta violência e energia concentradas, que roubou a cena de bandas mais, hãn, famosas, como a Jason, do então vj da Mtv, Rafael Ramos – hoje no comando da “poderosa” e “independente” Deckdisk.


Depois do show do Jason, várias das ninfetas coloridas que desfilavam pelo cinema pornô, se aglomeraram eriçadas em volta do então baterista-celebridade, que pôde escolher qual das lolitas conheceria seu quarto de hotel.

Os retardados do Zumbi do Mato fizeram a trilha sonora para um malho adolescente que eu aplicava em uma amiguinha ruiva e de aparelho nos dentes ( que retalhou meus lábios), nas sombras da platéia superior. Mas, depois, a apresentação de seus quase charás do Zumbis do Espaço não me convenceu a voltar lá pra dentro, ocupado que estava em assistir à confusão que se instalara na porta do cine, com ameaças de revólver em punho.


A extinta e saudosa Loki, banda que ensaiava o namoro do metal malvado do início da década com a modernidade-sobe-desce das afinações baixas do fim dela, fez um show que envergonhou seus integrantes, e no fim da noite expurgaram suas frustrações artísticas lá na praça do Sol, devorando furiosamente um xis-tudo, num raro momento de auto-crítica metaleira.


Não me lembro bem do show da Punch, que, antes de emigrar para os Estados Unidos, impressionava a cidade com apresentaçõess quase que semanais sempre com uma boa audiência.


O hoje internacional Wry, nessa época se apresentava com o figurino do Smashing Pumpkins, e não despertou meu interesse. Embora hoje eu seja fã de Flames in the Head, discaço do grupo que atualmente percorre o sub-solo da noite londrina, dividindo palcos – como garante sua comunidade no Orkut - com nomes grandes do indie britânico, como Bloc Party, Rakes e e Subways. Lançaram recentemente Whales and Sharks, primeira gravação oficial desde F.i.t.H. (mais sobre isso lá embaixo).




E o gran finale dessa edição da mais charmosa festa do rock independente brasileiro, foi a histórica apresentação do MqN, fechando a noite de domingo, e tocando pra (quase) ninguém, pouco tempo antes de o Fabrício Nobre fechar as portas da Me and My Monkey Records e se associar à Monstro Discos. Fora eu, somente o pessoal do Relespública e umas amigas da banda, num total de seis ou sete humanos exaustos, prestigiávamos os primeiros insultos do Fabrício e cia num Goiânia Noise festival.

Pra você ver como são as coisas...


*


# Como vinha dizendo lá em cima, Whales and Sharks é o mais novo disco do Wry, um epê com quatro canções bem menos festivas e chapadas que as do anterior Flames in the Head. Ao contrário, Whales and Sharks revela um Wry modificado, mergulhado em ambiências, mais contemplativo e profundo, aparentemente aderindo e se misturando ao que costumamos apelidar de post rock. Takk, do Sigur Rós, consta há algum tempo no top five do vocalista Mário Bross (mais uma vez segundo a comunidade), e isso pode explicar, pelo menos em parte, o recurvo introspectivo dos sorocabanos. Eu acho que gostei, não sei ainda...

*

# A Olhodepeixe gravou, dia desses, a trilha-sonora de Neville e o Lobisomem de Goiânia, filme com roteiro de José fernandes da Cunha e direção de Marcio Venício. A música foi registrada e produzida lá no Rock Lab, estúdio do Gustavo Vasquez, baixista do MqN e produtor musical.


Mundão é pesada, elétrica e sobrecarregada de guitarras e climas tensos. Assim que chegar a versão pronta e acabada da canção na caixa de e-mails do Goiânia Rock News, o blogueiro aqui arranja um link para você ouvir também.

*

# Daniel Peixoto, a metade afeminada do Montage, foi barrado em Londres, onde tentava entrar para uma série de shows pela Europa. É o que noticia o Ilustrada no Pop, em texto publicado no blog editado pelo Tiago Ney e Marco Aurélio Canônico na Folhaonline:

Ao chegar na imigração inglesa, Daniel teria sido abordado por uma agente, que teria perguntado se Daniel iria "encontrar o namorado", se ele era "casado" com Leco Jucá. O vocalista teve sua bagagem revistada e foi levado a uma sala do aeroporto, em que estavam outras cerca de 20 pessoas de países como Iraque e Irã, que também não conseguiram entrar no país.

Segundo Lisbôa, Daniel e Leco estavam com visto de turista (e não de trabalho), mas Leco não teve problema nenhum para passar pela imigração. "E eles não precisavam de visto de trabalho, pois iriam tocar de graça, sem receber cachê", diz o empresário. Entre os shows do Montage em Londres, estava um em uma festa da revista "Jungle Drums", dedicada a brasileiros que vivem na Inglaterra.

Na segunda e nesta terça, promotores dos shows londrinos entraram em contato com a imigração, mostraram documentos referentes aos shows, mas Daniel não foi autorizado a entrar no país. Ele embarcará daqui a pouco de Londres e chega em Cumbica nesta quarta.

*

# E as novas? Estou aqui me deixando impressionar com o Echoes, Silence, Patience and Grace, novo do Foo Fighters, e não gostando muito do Our Earthly Pleasures, último do Maximo Park, apesar dele me lembrar alguma coisa que eu devo gostar, mas que não consegui identificar até agora.

Echoes... é poderoso, exato e incisivo, sem demitir a sensibilidade. É capaz de misturar bem, explosões de guitarra-baixo-bateria (The Pretender) com dedilhados delicados, numa surpreendente e involuntária aproximação com a viola caipira (The Ballad of Beaconsfield)


Bem, o “involuntária” aí em cima é por minha conta, vai que Dave Ghrol andou mesmo interessado na música tradicional do interior do Brasil. Popstar não adora um exotismo?


# # Mais ou menos novo e bem divertido (pelo menos pra quem não espera nada demais) é o 9 Beats, um dos discos de dois mil e seis do Ratatat (o outro é o Classics), e que traz uma fila de electros calminhos e melodiosos, daqueles ótimos para festinhas morgadas e macias, na casa daquele seu casal de amigos eletrônicos e naturebas, sabe como é?

# # # Já das coisas mais velhas, o Primal Scream tem girado frenético e assiduamente nas caixas de som do lar do blog. O pulso cardíaco alucinado de XTRMNTR (das coringas-de-pista Kill All Hippies e Exterminator), é o símbolo chave da eletrônica com conceito rock (ou do rock com conceito eletrônico, escolha). Batidas primitivas sintetizadas num diálogo direto com o corpo, sem intermediários intelectuais e com um cinismo afiado. O Bob Gillespie de Swastika Eyes e Blood Money é um artista muito maior, mais ousado e perigoso do que aquele baterista nerd da época de Darklands, do Jesus & Mary Chain.


# # # # Não dá pra discordar, dá?





"É bonita, é bonita e é bonita..."


# Cat Power, a semi-deusa indie que tanto encantou o ocidente com o cândido e afetuoso The Greatest, de dois mil e seis, ensaia outro álbum de homenagens, nos moldes de The Covers Record, do ano dois mil. Jukebox tem James Brown, Billie Holiday, Hank Williams e até Frank Sinatra, mas a cantora também afina sua voz íntima e angélica para quase sussurrar Song To Bobby, canção autoral, dolorosamente linda e dedicada à Bob Dylan. Song To Bobby já se encontra boiando, perdida e achada, pelo mar infinito da web. Escuta aí e depois me diz o que você achou.

# # Eu achei bonita demais!


# # # Segue o provável track list do disco:

Theme from New York, New York - versão Frank Sinatra
Metal Heart - Cat Power
Ramblin' (Wo)man - Hank Williams
Song To Bobby - Cat Power
Aretha, Sing One for Me - versão George Jackson
Lost Someone - James Brown
I Believe in You - Bob Dylan
Fortunate Son - Creedence Clearwater Revival
Silver Stallion - Lee Clayton
Dark End Of The Street - versão James Carr
Don't Explain - Billie Holiday
Woman Left Lonely - versão Janis Joplin

*

# A Trama Virtual divulgou o resultado das seletivas do Goiânia Noise, que completa o line up do festival indicando como vencedoras da votação do público, o Diego de Moraes, a Stuart – de Blumenau/SC, e The Name – de Sorocaba/SP.


# # # Fiquei surpreso. Queria ver o show do Mopho mais uma vez, mas já tinham assoprado no meu ouvido que os alagoanos haviam desistido da disputa antes mesmo do resultado (por isso não fizeram campanha), e nem se ganhassem uma da vagas, viriam. Também torci pro Tolerância Zero, numa tentativa de oferecer uma segunda chance aos paulistas, já que mesmo com um disco bom (Ninguém Presta, de 2004), fizeram um show bem mais ou menos da primeira vez que estiveram em Goiânia.

*

E a Promoção do Goiânia Noise ainda está de pé. São três ingressos para o festival, mais uma compilação oficial Goiânia Rock City, oferecimento da Monstro Discos. Para concorrer, deixe anotado aí na caixa de comentários, qual o dia do ingresso pretendido e me diga, na sua opinião, qual é a melhor atração da programação do GNF dois mil e sete. O resultado do sorteio sai nesse fim-de-semana. Aumente suas chances, peça quantas vezes quiser!

*


Vou ali apertar uns botões de controle remoto até cair no sono. Boa noite procê

31 comentários:

Ana Paula disse...

Gostaria de ganhar o ingresso para sexta feira!!Pq?? Pq com certeza Móveis Coloniais é a melhor atração desse festival!! uhuu!!

Ana Paula
anapaularec@hotmail.com

odilia disse...

E aí, tudo bom!?
:D

Ai! Queria muito, muito, muito ganhar um ingresso para SÁBADO!!

Pelvs será uma grande atração e quero tá lá pra ver e curtir!!

Odilia Santos
odiliacruz@gmail.com

Bjos

Luíza disse...

pra domiiiiiiiiiingo

luborges19@hotmail.com

eduardo disse...

sábado

carlos eduardo pinheiro
c_eduardo_p@yahoo.com.br

Luíza disse...

mais uma vez
domiiiiiiiiiiingo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Luíza disse...

e outra...
domingo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Hanisted disse...

Quero ganhar o ingresso de sexta feira!
As grandes atrações do GNF deste ano serão:

Pato Fú, Violins e Barfly


Jader de Melo Oliveira
hanisted@gmail.com

luíza disse...

domingo!

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

renata disse...

e eu ainda quero o cedêê!!


renatafalone@gmail.com

Luíza disse...

domingo!
\o/

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Luíza disse...

do-mingo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Ana Paula disse...

O de seeeexta é meu!
Para ver Móveis!!! =)

anapaularec@hotmail.com

renata disse...

eu

quero

o


cedê!!!


renatafalone@gmail.com

lia disse...

sexta-feira, o melhor show: sick sick sinners

liabello@gmail.com

Luíza disse...

domiiiiiiiiiiiingO!

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Leonardo Curcino disse...

massa! cat power é foda. ela podia vir no noise eahueahueaha.

a proposito. quero concorrer ao ingresso pra sexta.

Leonardo Curcino
leonardocurcino@gmail.com

o/

letcoc@gmail.com disse...

quero um de sabado e acho que o melhor é o jupiter maça!!

ah.caiu@gmail.com disse...

eu gostaria de um de sabado e pra mim o do GNP é o júpiter maça...

Aline Rezende

letcoc@gmail.com disse...

opa... nome Letícia Silva

renata disse...

e



eu



quero


o


cedê!!





Renata Falone
renatafalone@gmail.com

luiza disse...

DOMINGOOO

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

luiza disse...

domin-go

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

luiza disse...

do
mingo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Bruno disse...

DOmingo

Bruno Batata

azevedobruno@yahoo.com.nr

Anna disse...

Eu de novo, só pra lembrar que eu quero o ingresso pro domingo!
Sepulturaaaa!!! \o
(:

Anna Flavia
anna.fcm@gmail.com

luiza disse...

domingo
domingo
domingo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

caio disse...

E quero ganhar o ingresso de sabado!!

Mukeka di rato e korzus!!

caiombp@hotmail.com

luiza disse...

domiindo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

luiza disse...

domingo
domingo
domingo
domingo

Luíza Borges
luborges19@hotmail.com

Luiza disse...

eu quero


Luiza Borges
luborges19@hotmail.com

domingo!!!

Ariana disse...

Melhor atração : Cordel Do Fogo Encantado, já vieram muito em Goiânia, mas seria muito bom vê-los num evento de rock...são sempre convidados a fazerem festival de reagge...

Quero ingresso pra dia em que vão eles vão tocar: 24 /11 que também tem outras bandas legais.

Ariana

nananina_go@hotmail.com