Analytics:

quinta-feira, julho 24, 2008

Goiânia é Noise!

# A décima–quarta edição do Goiânia Noise Festival, que acontece em novembro, já começa a tomar forma. Vazou ontem a notícia de que Marcelo Camelo, o eterno ex-Los Hermanos que lança seu primeiro vôo solo em breve, está praticamente confirmado para a festa, e o melhor é que vem escoltado pelo poderoso grupo paulistano Hurtmold, que se presta ao papel de banda de apoio da carreira solo do cantor.



Marcelo Camelo
Foto: Jorge Bispo



Porém, um dos detalhes pendentes para a confirmação final deste possível grande show, é o fato de que Camelo prefere tocar para um público sentado, o que nunca aconteceu e é quase impensável num Goiânia Noise. Mas, mesmo com esse “pequeno” empecilho (que a produção do festival vai ter bastante trabalho para solucionar), a apresentação deve mesmo acontecer, e já teve até data divulgada: vinte e um de novembro.



A lista das atrações internacionais, que deve ter oito nomes, começa pela canadense Black Mountain e pela estadunidense Black Lips, como já foi adiantado aqui nessa mesma tela, semanas atrás.



As novidades ficam por conta da californiana Imbyra (atual trabalho de Ikaro Stafford – ex-vocalista da extinta banda goiana Punch, e ex-frontman do Ankla, grupo californiano de latin-metal que integrou o line-up da última edição do mega-festival de metal Ozzfest), e dos finlandeses do The Flaming Sideburns.


O Imbyra, que está em estúdio terminando de registrar seu primeiro disco, é o grupo comandado pelo baterista brasileiro Fabricio Ravelli, que já tocou ao lado de Neil Turbin (ex-Anthrax), e excursionou pelo mundo com o Hirax, banda de thrash-metal fundada em 1984, pela qual já passaram nomes de respeito do metal mundial como Paul Baloff (Exodus, Piranha) e Eric Brecht (Death, D.R.I.).


.
.

.
Ikaro Stafford no palco da Ozzfest


O Flaming Sideburns é mais-do-mesmo daquele garage-rock espalhafatoso que o público goianiense adora gostar e, portanto, deve fazer sucesso no festival. Além desses nomes, já confirmadíssimos, pelo menos dois grupos latino-americanos, possivelmente um argentino e outro chileno, também devem fazer parte do line-up do Noise. Fabrício Nobre, o “frente” da Monstro Discos, embarca para Buenos Aires em setembro, para participar da BAFIM, a feira internacional de música da capital portenha, onde pretende escolher os representantes latinos do cast do festival. Alguns outros nomes internacionais (além dos latinos) estão sendo negociados e, provavelmente, serão anunciados, em breve, aqui nesse mesmo blog que vos fala.

.

.

.

Por hoje é só, mas volto já.

.

.

Um beijo.

.

3 comentários:

Anônimo disse...

Black Mouintain!!! num to creditando..

Carlos Eduardo disse...

esse Imbyra é metal tb?

Ari disse...

Black Mountaaaaaaaaaaaaaain!

FODA! Tô dentro pacarai!