Analytics:

quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Rock Tupi!


Pelvs
Foto de Divulgação




# Só agora fui começar a ouvir o Anotherspot, disco novo da Pelvs, a mais teimosa das boas bandas cariocas. Seguindo uma regularidade irritante, a Pelvs nunca arredou o pé de sua proposta estética inicial; reinou no gueto indie dos anos 90, época em que o inglês era a língua oficial também do nosso rock que importava (sem trocadilhos), e resistiu com indiferença à conversão em massa dos independentes ao idioma nacional, no começo do novo milênio. Como diz o release do grupo no site da midsummer madness,

A Pelvs difere das suas contemporâneas porque elas estão mortas e enterradas, e distingue-se da produção recente não só pela qualidade, mas porque é bem difícil imaginar alguma banda nova que venha a desenvolver uma carreira. Talvez porque os neófitos, como todo calouro, ainda tenham a pretensão de se tornarem “grandes”, e nisto apostem suas fichas; a PELVs já se contentou, há muito, em criar uma obra. O que não é pouca coisa.

# # Em Anotherspot, a fidelidade canina ao que os consagrou ainda é constante, mas agora está imersa num diálogo plácido e intenso de guitarras esparramadas com ressonâncias grandiosas, numa quase troca das melodias simples e ternas (outrora dominantes) pelas climatizações e atmosferas comoventes, aproximando o conjunto do que convencionou-se chamar de post-rock. A incrível Tupiguarani, onde a Pelvs revisita seu próprio passado e conversa com a pós modernidade contemplativa do Sigur Rós e com a psicodelia matinal daquele Pink Floyd dos anos sessenta, é o primeiro destaque dessas poucas e fascinadas ouvidas. Mas como dito lá no começo, a regularidade da Pelvs sempre surpreende, e esse Anotherspot promete revelar muitas maravilhas mais. Em breve pinta aqui na tela do blog um texto mais cuidadoso sobre esse disquinho.


# O grande Silverchair, que nada lança desde o ótimo e dilacerante Diorama, de 2002, novamente protagoniza no universo dos downloads, com uma versão tosca e ao vivo de Straight Lines, canção do próximo disco que já pode ser facilmente conseguida no seu programa de troca de arquivos preferido. Eu achei fácil no Emule (no caso, o meu predileto). Mas a torcida (será que ainda precisa?) é pra que o álbum inteiro alcance a rede mundial muito antes de abril, data agendada para o lançamento físico e oficial do disco mais esperado de 2007 (pelo menos por mim). Até já ouvi alguma coisa dessas novas músicas, em outras versões ao vivo, mas a qualidade desses bootlegs era ainda pior, o que não deixou transparecer a intenção da vez de Daniel Johns. O que resta é esperar e consultar o Emule duas vezes por dia.


# A primeira etapa do Circuito Decibélica, que aconteceu em outubro passado, com shows de Faichecleres, Rollin’ Chamas e Rockassetes, entre outros, foi registrada pela produtora Mundo Narf, que agora divulga os resultados do trabalho. Aí embaixo você pode dar uma olhada num trecho do filme, que está inteiramente disponível do YouTube (ainda que dividido em seis partes). Repare no Tuba, baterista do Faichecleres, assaltando a mangueira do pátio do Martim Cererê durante a tarde que antecedeu a festa, e na menina que ignora a câmera e interrompe despreocupadamente a entrevista do Supergalo. Isso sem falar na tosquidão das perguntas dos VJs. Acompanha aí:




# # Vendo esses videos, me lembrei de um filme dos bródis da Fora da Lei (o link aí no lado direito do blog), chamado Aqui É Rock!, confeccionado menos de um ano antes do blogueiro aqui se juntar a eles, numa parceria que durou cerca de três outros anos. Desse período, várias edições memoráveis do programa de rádio Espírito da Música, produzido pelo coletivo por vários anos e que chegou a ganhar o título de Melhor Programa musical da Rádio Goianiense, concedido pelo Prêmio Radiofônico das Faculdades Cambury (hoje incorporada à Universidade Católica de Goiás), além de um extenso material em vídeo, de coberturas realizadas em diversos festivais em Goiânia.

# # Sérgio Valério, vulgo Sergin – o chefe Fora da Lei é o guardião desse material e à medida que está redescobrindo e editando videozinhos pra lá de supimpas, de apresentações das mais variadas bandas do país em solo goiano, tem disponibilizado em comunidades do Orkut. Esses filminhos vão começar a aparecer também aqui, acompanhados, sempre que possível, das memórias que o blogueiro conseguir exrair das imagens. Pra inaugurar essas Fora da Lei Sessions o Aqui é Rock!, com seus seis minutos de insanidade roqueira goianiense, pula na tela do blog já no próximo post.

# o Fall Out Boy, que no final de 2005 estreou com o surpreendente From Under The Cork Tree, deve lançar agora em fevereiro seu segundo álbum, intitulado Infinity On High, e inspirado, segundo a banda, em Guns n’ Roses e Michael Jackson. Pesca-lo na internet já é tarefa das mais fáceis, mas ainda não tive tempo de ouvir. Se Infinity On High tiver outro hit tão divertido e bom de ouvir e dançar quanto Dance, Dance, já vai valer as dezenas de MB a menos no meu HD.

# Amanhã, sexta dia 02 de fevereiro, a ótima Umbando, banda das melhores e que há um tempo está afastada dos palcos, retorna ao tablado para homenagear o grande Ari Rosa, poeta, compositor e violonista do grupo, assassinado no fim de dezembro. O show terá lugar no Circo Laheto, ali ao lado do parque da criança, próximo ao estádio Serra Dourada e o ingresso custa a simbólica quantia de cinco reais, somente para a cobertura dos custos da celebração, que é promovida entre amigos que tentam repudiar com arte e sensibilidade um ato tão repulsivo e revoltante como o homicídio do Ari. Eu vou lá, bora?


# # Então até lá, vou voltar ao trabalho aqui, um beijo procê.

3 comentários:

Carlos Cipriano disse...

isso aí, Higão, blog cada vez mais legal. inda mais com vídeos! nem preciso te lembrar que o blog da Fora da Lei também é seu... afinal, vc tá cadastrado como colaborador. sinta-se à vontade para postar por lá!
A gente se vê.

Gabriel Ruiz disse...

Porra, muito bom o post. O blogue é muito bom de conteúdo.
Quanto ao Silverchair, esperamos ansiosos até pq os primeiros discos são bons demais. Depois ficou light...

e o site que indicou ae, vou dar uma olhada..
abração

Rodrigo disse...

que bacana Higor, fico feliz q vc tenha gostado do disco! Depois me diga o q vc achou do show no Noise.

abs
lariu