Analytics:

sexta-feira, abril 23, 2010

Bananada 2010 - Programação Completa (agora sim!)

.
.
Saiu! Depois da publicação equivocada de uma programação fantasma, rapidamente desmentida pela produção do Bananada, o goiânia rock news divulga, em primeira mão, o line-up oficial do festival. É verdade que pouco coisa mudou da lista "fake" (na verdade, um prospect da Monstro Discos que ainda não tinha confirmação bilateral), mas em todo caso, agora o programa é assinado e confirmado pela própria produtora. Siga a linha:


Camarones Orquestra Guitarrística


BANANADA 2010 – PROGRAMA OFICIAL


QUARTA FEIRA 19 / MAIO > BOLSHOI PUB
01:00h Rinoceronte (Santa Maria – RS)
00:15h Mersaut e Máquinha de Escrever (Goiânia - GO)
23:30h Brown-Há (Brasília – DF)

QUINTA FEIRA 20 / MAIO > METROPOLIS
01:00h Plastique Noir (Fortaleza – CE)
00:15h Dawnfine (Goiânia – GO)
23:30h Trivoltz (Goiânia – GO)


QUINTA FEIRA 20 / MAIO > CAPIM PUB
21:30h Desastre (Goiânia – GO)
20:45h Fígado Killer (Goiânia – GO)
20:00h WxCxM (Goiânia – GO)
19:15h Chacina (Goiânia – GO)


SEXTA FEIRA 21 / MAIO – MARTIM CERERÊ

01:00h Violins (Goiânia - GO) – Pyguá
00:30h Gloom (Goiânia – GO) – Yguá
00:00h Comunidade Ninjtsu (Porto Alegre – RJ) – Pyguá
23:30h Burro Morto (João Pessoa - PB) – Yguá
23:00h Johnny Suxxx And The Fuckin’ Boys (Goiânia – GO) – Pyguá
22:30h Nevilton (Umuarama - PR) – Yguá
22:00h Camarones Orquestra Guitarrística (Natal - RN) – Pyguá
21:30h Vida Seca (Goiânia – GO) – Yguá
21:00h Nublado (João Pessoa – PB – Pyguá
20:30h Procura-se Quem Fez Isso? (Porto Alegre – RS) – Yguá
20:00h Comma (São Paulo – SP) – Pyguá
19:30h Death From Above (Goiânia - GO) – Yguá
19:00h Demosonic (Goiânia – GO) – Pyguá
18:40h Ultra Vespa (Goiânia – GO) – Yguá
18:20h Coerência (Goiânia – GO) – Pyguá


SÁBADO 22 / MAIO – MARTIM CERERÊ
01:00h Black Drawing Chalks (Goiânia – GO) – Pyguá
00:30h La Hell Gang (Santiago – Chile) – Yguá
00:00h Mechanics (Goiânia – GO) – Pyguá
23:30h Plástico Lunar (Aracaju - SE) – Yguá
23:00h Caldo de Piaba (Rio Branco - AC) – Pyguá
22:30h Vícios da Era (Goiânia - GO) – Yguá
22:00h Some Community (São Paulo – SP) – Pyguá
21:30h Motherfish (Goiânia - GO) – Yguá
21:00h Vendo 147 (Salvador – BA) – Pyguá
20:30h Fadarobocoptubarão (Belo Horizonte – MG) – Yguá
20:00h Bruto (Brasília – DF) – Pyguá
19:30h Necropsy Room (Goiânia – GO) – Yguá
19:00h Moka (Goiânia – GO) – Pyguá
18:40h Space Monkeys (Goiânia – GO) – Yguá
18:20h ¡Oye! (Goiânia – GO) – Pyguá


DOMINGO 23 / MAIO > AMBIENTE SKATE SHOP*

18:30h Twin Pines (São Paulo – SP)
17:30h Bang Bang Babies (Goiânia - GO)
16:30h Hellbenders (Goiânia – GO)
15:30h Waldi e Redson (Goiânia – GO)
13:30h Dedo Sem Osso (Goiânia – GO)

* Acontece em paralelo ao Campeonato “Terror na Ambiente”




Confesso que, fora Burro Morto e Caldo de Piaba, o visitante que mais me instiga a curiosidade é o Camarones Orquestra Guitarrística. E disso percebi que, curiosamente, as três atrações de fora que mais chamam a atenção (pelo menos a minha) são grupos instrumentais (e, pasmem, nenhum deles é o Macaco Bong ou a Pata de Elefante).

Além dos três, quero ver de novo o Nevílton no palco. O trio de Umuarama-PR tem, pelo menos, um hit em potencial, a saborosa "A Máscara", e seu trabalho soa como uma espécie lo-fi, deliciosamente acaipirada, do Nando Reis (acreditem, isso é um elogio).


Dos locais, como já disse, não perco o show do Violins (que acabei não indo ver ontem, no palco da Fiction), e nem a apresentação bissexta do Vícios da Era. Quero ver também a dupla sertaneja Waldi & Redson, um dos vários projetos atávicos do Diego de Moares.



E você, vai querer ver o quê?




12 comentários:

Åñ䮢ö¢|-|ä†O disse...

Quero muito ver o Show da "turminha que acha que samba e mpb são sinônimos automáticos de bom gosto, que tem convicção de que percussão reciclável é vanguarda, que enche o peito de orgulho pra falar que a música brasileira é a melhor do mundo, que parece gostar da mistura dos aromas do couro com o do próprio chulé e que, principalmente, tem a absurda certeza de que teatro de rua é divertido." de acordo com a definição preconceituosa deste blog para a Banda Vida Seca.

Agora se este blog não acha que uma banda que vem tocando nos principais festivais da cidade(Noise e Bananada) apenas com instrumentos feitos por eles mesmos, através de pesquisas sonoras muito elaboradas não é ser vanguarda ou ter bom gosto, creio que tens que rever seus conceitos de musica, musicalidade e principalmente sobre vanguarda.
Realmente me pareceu inveja do autor do blog em relação aos musicos multinstrumentistas da Vida Seca.

Fernando Nogueira disse...

Já eu nem vou perder tempo indo ver o tal do Vida Seca. Pra quem gosta bom show. Mas isso é vanguarda do mais do mesmo. Por sinal um monte de figurinha repetida no Bananada.

Anônimo disse...

Vida Seca é do caralho, mas não tem nada de extremamente Brasileiro como sugerem os leigos ai, a idéia da sucata surgiu do grupo britânico Stomp nos anos 80 e o boom veio com o filme Stomp out loud, 1997 NY, e sobre os tambores com couro, são cultura tipicamente africana, inclusive os ritmos tocados aqui na terrinha tb são de mesma origem, como uma leve exceção para o Cega Machado que usa viola caipira mas que por sua vez puxam quase um quase rock progressivo experimental...antes de vomitarem besteiras por ai lembrem se de pesquisar a origem das coisas, pq não tem nada da origem Brasileira que vcs tanto detestam nessas bandas, e muito menos ligação com samba e carnaval...

Fernando Nogueira disse...

Como já disse;" Pra quem gosta bom show". É engraçado uma pessoa que posta de modo anônimo chamar os outros de leigos. Não deve entende que as pessoas podem simplesmente não curtirem o que acha legal. O que não implica que não conhecem música ou história da música ou a tal Vida Seca.

Daniel de Mello disse...

Vida Seca é criatividade, resultado de pesquisa e bom gosto de saber que existe musica em todos os cantos, todos podemos fazer musicas mas nem todos sabem apreciar a musica, meu voto no bananada é para o que ha de bom, e com certeza Vida Seca é um dos melhores, mas como sempre repito, gosto é igual perna uns tem outros nao tem...
abraços

Pablo disse...

Eu gosto.

Åñ䮢ö¢|-|ä†O disse...

Para quem quiser conhecer melhor a Vida Seca:

http://vimeo.com/5093984

Vídeo do grupo de percussão goianiense Vida Seca, que ressignifica materiais recicláveis transformando-os em instrumentos musicais.

As imagens são do lançamento do CD "Som de Sucata", ocorrido no dia 30 de maio de 2009, no Centro Cultural Martin Cererê em Goiânia. O vídeo também apresenta entrevistas com os integrantes do grupo, que falam sobre seu trabalho, das oficinas com crianças e sobre os conceitos que constroem o Vida Seca.

Eclesiastes Junior disse...

Se conseguir,eu vou em todos. só acho que faltou www.myspace.com/radiocarbono hehehe

Samuel disse...

Excelentes bandas. Vai ser ótimo o Bananada deste ano.

Só achei ruim o Camarones Orquestra Guitarrística se apresentar praticamente simultaneamente ao Nevilton em palcos diferentes no Martin Cererê. Queria poder assistir as apresentações completas das duas bandas

mirito disse...

eu recomendo Vendo 147 e Sex On The Beach...
duas bandas nordestinas (a primeira baiana e a segunda paraibense) de surf music mto pancada..

RECOMENDO..
e vo tah assisitndo..

Rafael Drummond disse...

Timbres,sequenciação d notas,harmonias são elementos q existem na música,cada um tem suas preferências e tudo é música.Verdade é q vanguanda quase tudo não é, até pq na música tudo praticamente já foi feito.Distorções hard agressivas é uma fórmula q funciona mas q tbm é bastante comum,previsível q não deixa d ser bom e tbm timbres mais orgânicos e melodias tribais tbm funcionan e tbm é previsível e bom, duas fórmulas já bastante usadas,q não se encaixam na nomeclatura vanguarda,mas a mistura q ao longo da história ja foi muito usada,sendo feito d uma forma nova é vanguarda.Nos meus 15 anos gostava d música agressiva d distorções hard acompanhadas por belas melodias frenéticas e continuei assim por anos,há algum tempo descobri beleza em coisas simples, tribais,minimalistas....
Particularmente gosto d quase tudo q não seja muito comercial e tenho certeza q a música foi feita para unir pessoas e não pra separá-las.Levante esta bandeira " A bandeira da diversidade"

Eu disse...

E a censura, tem ? Se tiver de quantos anos ?